Publicações da nstech sobre tecnologia, logística e mobilidade para um futuro melhor

CATEGORIAS

VER TODOS OS POSTS

Cases de Sucesso

VER TODOS

Negócios e Cultura

VER TODOS

Segurança

VER TODOS

Sustentabilidade

VER TODOS

Tecnologia e Inovação

VER TODOS

Todos

VER TODOS

Transporte e Logística

VER TODOS

Logística no agronegócio: reduza custos e supere os desafios!

Tecnologia e InovaçãoTransporte e Logística

Escrito por nstech

O agronegócio brasileiro é um dos mais importantes do mundo. Além de abastecer o mercado interno, o setor bateu recorde de exportações em 2023, somando US$166,5 bilhões. Por isso, a logística no agronegócio precisa ser extremamente eficiente.

Não é difícil imaginar o que acontece sem uma logística robusta e estratégica: insumos não chegam no campo, a produtividade agrícola cai, produtos perecíveis se deterioram em armazéns ou nos caminhões, as entregas atrasam e os custos ficam ainda mais elevados.

Tudo isso, no entanto, pode ser superado com investimento em tecnologias para automatizar e otimizar os processos logísticos. É exatamente sobre esse assunto que vamos falar hoje. Se você quer seguir as tendências mais atuais para a logística no agronegócio, fique conosco e aproveite a leitura!

Quais os principais desafios enfrentados pela logística no agronegócio?

O agronegócio é fundamental para a economia brasileira, mas esbarra em inúmeros desafios. Entre as travas para o desenvolvimento do setor estão:

Infraestrutura inadequada

Portos congestionados e longas filas de espera são um problema tanto para quem depende da importação – como é o caso da indústria de fertilizantes – quanto para quem exporta e precisa de agilidade no escoamento da produção para os mercados internacionais. 

A falta de infraestrutura não diz respeito apenas aos portos. A rede ferroviária brasileira ainda é subutilizada, o que impede o transporte multimodal, aumenta a dependência do transporte rodoviário e eleva os custos.

Malha rodoviária precária no país

A precariedade das estradas é um problema crônico que afeta diretamente a logística no agronegócio. Estradas em péssimo estado de conservação, sem acostamento, sem pavimentação ou com muitos buracos, sinalização inadequada e pistas estreitas são alguns dos problemas enfrentados pelos caminhoneiros.

O resultado não demora a aparecer: elevação dos custos, mais tempo de viagem, necessidade constante de manutenção e reparo da frota, atraso nas entregas e insatisfação dos clientes.

Gestão de cadeia de suprimentos complexa

A complexidade da cadeia logística requer integração e colaboração entre todos os elos envolvidos – produtores, fornecedores de insumos, transportadoras, embarcadores, distribuidoras etc. -, mas isso nem sempre ocorre. Sem coordenação, a ineficiência e os custos aumentam. 

A má gestão da cadeia logística torna o escoamento dos produtos agrícolas muito mais desafiador, especialmente porque o setor é vulnerável à sazonalidade das safras. A falta de planejamento estratégico, pouca visibilidade end-to-end e dificuldades de prever as demandas são graves problemas no agronegócio.

Conheça mais sobre o TMS para Embarcador, um sistema de gestão de transporte com processo end to end, tudo em uma única solução!

Altos custos logísticos

Modal mais utilizado no agronegócio, o transporte rodoviário é também o mais caro por causa do preço elevado do diesel, impostos e pedágios. No entanto, não é o único vilão dos custos. Para evitar o uso de armazéns precários, o setor paga caro pela armazenagem em silos ou armazéns modernos.

A conta pesa ainda mais se somados outros aspectos, como mão de obra e o tempo gasto com processos e atividades manuais da logística no agronegócio.

Desperdícios

Não é novidade que a precariedade nas condições das estradas leva a perdas durante o transporte, mas no agronegócio o desperdício ocorre também na armazenagem e varejo. 

Produtos agrícolas armazenados de forma inadequada estão sujeitos à deterioração e ao ataque de pragas, por exemplo. Além disso, nos centros de distribuição e pontos de venda, a obsolescência e a deterioração provocam perdas significativas.

Como uma logística eficiente ajuda a expandir o agronegócio?

A logística é capaz de impulsionar o agronegócio. Como? Com investimento em tecnologias e soluções modernas e colaboração entre os elos da cadeia. 

Entre as medidas potencializadoras de eficiência no setor estão o uso de sistemas para otimizar rotas, reduzir cursos com frete, pedágios e combustíveis, aprimorar a gestão de estoques e armazéns, gerenciar resíduos, agilizar entregas e reduzir o tempo de armazenagem.

Acelerar o escoamento da produção é um dos fatores chaves para tornar a logística no agronegócio mais eficiente. Outras medidas para expandir o agronegócio envolvem o fomento a novos mercados, abertura de novos canais de venda, agregação de valor aos produtos e foco na sustentabilidade (otimização do transporte, redução do consumo de combustíveis, diminuição das emissões de gases do efeito estufa etc.)

Como otimizar a logística no agronegócio?

Algumas estratégias são essenciais quando se deseja otimizar a logística. No agronegócio, o passo a passo vai do planejamento estratégico à integração e automação de processos. Veja:

Planejamento estratégico

Faça uma análise detalhada da cadeia logística, identifique os pontos fortes, mapeie as deficiências, necessidades de melhoria, custos e riscos. Depois, é necessário elaborar um plano de ação detalhado com objetivos e metas alinhados à estratégia geral do negócio.

Gestão eficiente dos estoques

Utilize tecnologia para controlar a rotatividade de produtos, otimizar os espaços de estocagem, monitorar as condições de armazenagem (temperatura, ventilação e umidade), automatizar processos e ampliar a visibilidade operacional.

Diversificação dos modais de transporte

A escolha do melhor modal de transporte passa pela avaliação das características da carga, análise das opções disponíveis, negociação com transportadoras, roteirização focada em custos, segurança, tempo de viagem e prazo de entrega, assim como monitoramento do transporte em tempo real.

Ainda que o modal mais utilizado seja o rodoviário, o uso de outros meios para escoar os produtos do agronegócio deve ser considerada quando se deseja melhorar a eficiência logística e otimizar custos.

Tecnologia como sua maior aliada

A eficiência logística passa pela modernização dos processos e pelo uso de recursos como big data, inteligência artificial (IA), machine learning e internet das coisas (IoT). 

Essas e outras tecnologias são imbatíveis para impulsionar a competitividade do setor e aumentar a produtividade. A lista vai de sensores inteligentes para monitoramento da carga em tempo real a recursos para análises avançadas de dados.

Com tecnologia é possível, principalmente, otimizar rotas, reduzir custos, mitigar riscos, tomar decisões imediatas e automatizar tarefas repetitivas.

Como a NSTECH pode ajudar a otimizar a sua logística no agronegócio?

A nstech é a maior empresa de software para supply chain da América Latina e oferece soluções inovadoras, integradas e personalizadas para otimizar a logística no agronegócio. 

Entre as vantagens de utilizar uma plataforma tecnológica completa estão o monitoramento de cada etapa logística, análise de dados, identificação de gargalos, otimização de rotas, redução de custos, elaboração de planos logísticos personalizados e acesso a relatórios com insights para uma gestão proativa.

Quem recorre à nstech obtém maior eficiência e menos perdas, mantém a segurança e a integridade da carga durante todo o trajeto, minimiza prejuízos e controla os custos, gerencia estoques, armazéns e pátios, torna as entregas mais ágeis e confiáveis, reduz os índices de sinistralidade (roubo e acidentes) e, como resultado, melhora a produtividade, a competitividade e a satisfação dos clientes.

A nstech não é apenas uma empresa de tecnologia. É uma parceira estratégica para o sucesso de qualquer operação logística. Conheça o portfólio completo de soluções e fale agora com um especialista.

Conclusão

O dia a dia da logística é permeado por dezenas de obstáculos e, no caso do agronegócio, as longas distâncias percorridas, a infraestrutura precária das estradas e dos portos, a perecibilidade das cargas e as oscilações na produção tornam o processo muito mais desafiador.

A excelência logística no agronegócio depende da modernização e da integração dos processos, duas tarefas praticamente impossíveis sem o uso de tecnologias desenvolvidas para reduzir esses desafios tão específicos do agronegócio.

A eficiência que sua operação precisa

Conheça centenas de soluções que garantem eficiência, rentabilidade, segurança e sustentabilidade.